Cirurgia de Varizes Convencional

Se você leu os posts de laser endovenoso e de radiofrequência, deve estar se perguntando: se essas técnicas são superiores, por que falar sobre a cirurgia convencional?

É importante falar sobre a técnica convencional porque essa foi a principal forma de tratamento da veia safena por mais de 100 anos, e ainda é muito realizada em todo mundo, em especial no Brasil.

Precisa ser realizada em um centro cirúrgico, pois exige anestesia regional como bloqueio do nervo femoral, a raquianestesia ou peridural.

Realiza-se um pequeno corte de cerca de 1,5-2cm na região da virilha e um pequeno corte na região do joelho ou da perna, para que seja removida a veia por um fleboextrator.

Apresar de ser mais invasiva, apresenta bons resultados a longo prazo, comparáveis às outras técnicas como o laser ou a radiofrequência. Causa mais dor, mais hematomas e necessita de um tempo maior para o retorno às atividades cotidianas sem restrições.

Em alguns casos, ainda é a melhor opção.

O Cirurgião Vascular tem o conhecimento necessário para escolher a melhor técnica para cada caso, e deve estar treinado para realizar todas as técnicas.